ProUni fará seleção de bolsistas em novembro

08

Com a oferta de cerca de 100 mil novas bolsas de estudo integrais e parciais para 2006, o Programa Universidade para Todos (ProUni) dá início em setembro ao calendário de atividades que compreende o período de adesão das instituições, inscrição e seleção dos alunos. O ministro da Educação, Fernando Haddad, antecipou nesta segunda-feira, 8, que no próximo mês as 1.142 instituições de ensino superior (IES), que aderiram ao programa em 2004, devem renovar seus contratos com o MEC. Neste mesmo período, novas IES podem ingressar no programa. A definição do número de bolsas de estudo, a repartição de bolsas integrais e parciais de 50%, as cotas para afrodescendentes e indígenas será feita após o encerramento da fase de renovação de contratos e da assinatura do termo de novas adesões. A inscrição dos alunos está prevista para começar em 21 de novembro, com duração de três semanas. Podem concorrer às bolsas de estudo do ProUni, os alunos inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem/2005). As provas do Enem estão marcadas para 25 de setembro. Memória – Em 2004, ano em que foi criado, aderiam ao ProUni 1.142 instituição de ensino superior não-públicas. O MEC ofereceu 112 mil bolsas, das quais, 72 mil integrais e 40 mil parciais de 50%. Do conjunto de 112 mil bolsas, no sistema de cotas, 27 mil alunos ganharam bolsas integrais e 11 mil, bolsas parciais no valor de 50%.

Compartilhe