Curso de Jornalismo da FAT alia teoria à prática profissional

 A sociedade brasileira foi surpreendida, em 17 de junho de 2009, pelo Supremo Tribunal Federal com a suspensão da obrigatoriedade do diploma do curso de Jornalismo para o exercício da profissão. Diante desse fato, a coordenação do curso de Comunicação Social da Faculdade Anísio Teixeira, FAT, esclarece alguns aspectos importantes para tranqüilizar os alunos, professores e a comunidade em geral.

A questão hoje, não é somente o diploma, mas a qualificação profissional. É fato que o STF derrubou a exigência do diploma para o exercício da profissão, mas não extinguiu os Cursos de Jornalismo. Estes continuam a ser uma referência na formação de profissionais qualificados, competentes e éticos que assumirão o mercado de trabalho.

Sabemos que a formação profissional é condição mínima para exercer qualquer função especializada e o bom desempenho dependerá do esforço e da competência de cada profissional. A formação do jornalista perpassa por dimensões éticas, humanísticas, teóricas, técnicas e metodológicas, para que atenda bem à sociedade no seu direito fundamental à informação. O conhecimento teórico, aliado à prática, favorece o exercício de um jornalismo mais crítico, responsável e voltado para a formação de uma sociedade cidadã. Fazer jornalismo não é apenas escrever textos. É brindar a sociedade com notícias importantes, respaldadas de caráter ético, sério e comprometido com os interesses mais amplos da comunidade e com a verdade dos fatos.

Dessa forma, a Faculdade Anísio Teixeira, por entender essa função social do Jornalismo, acredita que somente profissionais bem preparados para o mercado de trabalho poderão vencer esse desafio imposto pelo STF. Por isso, nosso Curso prepara profissionais de forma integral, graduando Jornalistas aptos a trabalharem em todas as mídias exploradas pela atividade jornalística e nas várias áreas que envolvem a produção jornalística de cada mídia. Nosso currículo apresenta disciplinas voltadas para o mercado de trabalho, onde a rapidez do desenvolvimento das novas tecnologias de informação exige profissionais com sólidos conhecimentos em informática, capacidade de inovação e flexibilidade.

Procuramos estimular a capacidade criativa de nossos graduandos, preparando-os, através da conexão teoria versus prática, com laboratórios para as aulas de fotografia, informática, produção gráfica, produção e edição de impresso, de radiojornalismo e telejornalismo, aliados a um corpo docente com vasta experiência tanto acadêmica como de mercado de trabalho.

Assim, destacamos que o curso de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo da FAT está preparado para o desafio deste momento, quando se torna fundamental ampliarem os debates e o diálogo em torno da profissão, além de ações voltadas para a qualidade e a democratização da informação.

Compartilhe