FAT: DIREITO COM RESPONSABILIDADE SOCIAL

A Faculdade Anísio Teixeira comemora o Dia da Responsabilidade Social levando o BALCÃO MÓVEL DA JUSTIÇA E CIDADANIA para o bairro Viveiros, hoje, das 9h às 16h.

O Curso de Direito da FAT está promovendo duas importantes ações que põem o curso em destaque em relação à Responsabilidade Social. Uma dessas ações está sendo desenvolvida por meio do BALCÃO MÓVEL DA JUSTIÇA E CIDADANIA e as outras dizem respeito ao Projeto de Extensão do curso denominado O DIREITO PERTO DE VOCÊ.

O Balcão da Justiça e Cidadania desenvolve ações de orientação jurídica e mediação de conflitos, por meio dos estudantes do curso de Direito da FAT, orientados por professores e advogados. Atualmente, Feira de Santana dispõe de dois Balcões: um localizado na sede da FAMFS, na Queimadinha, funcionando no turno vespertino, e outro, no bairro Aviário, na Fazenda do Menor, que funciona todos os dias de segunda a sexta-feira, no turno matutino. Visando levar os serviços do  Balcão a outros bairros, a coordenação do curso de Direito da FAT vem promovendo ações do Balcão fora desses endereços, uma vez a cada semestre. No semestre passado, o Balcão foi ao bairro Liberdade.
 
Outra importante ação que marca a Responsabilidade Social do curso de Direito da FAT, diz respeito ao Projeto de Extensão denominado O DIREITO PERTO DE VOCÊ. Por meio desse projeto, idealizado e coordenado pela também coordenadora do curso, a Profª Hilda Ledoux Vargas, estudantes de Direito a partir do quinto semestre são capacitados para proferir palestras sobre temas que envolvem aspectos do Direito Constitucional e Cidadania. O primeiro momento desse projeto aconteceu no mês de agosto, no auditório do Colégio Modelo Luis Eduardo Magalhães e tratou do tema: Direitos Fundamentais e Cidadania, pela psicopedagoga Denise Machado e pelo professor-orientador Carlos Eduardo Guimarães.
 
A coordenadora do curso ressalta a importância desses projetos para os estudantes e a comunidade em geral, para ela "as atividades do Balcão da Justiça e Cidadania não podem se circunscrever a dois endereços. É preciso sair de nossas sedes e ir de encontro às necessidades da comunidade, é preciso inserir o estudante de Direito na sociedade onde ele vive  e para a qual ele prestará serviços depois de formado. É preciso conhecer, respeitar e, sobretudo, intervir de forma a colaborar para a promoção da pacificação social, da justiça e da redução das desigualdades sociais. Esse é nosso audacioso objetivo".

Os estudantes envolvidos também se mostram entusiasmados com a iniciativa. "Aprendi a falar em público, aprendi a dominar a emoção e a enfrentar os desafios. Mais que um aprendizado técnico, foi um aprendizado de vida", disse uma das alunas envolvidas na atividade de extensão no Colégio Luis Eduardo Magalhães.
 
É assim que se constrói o conhecimento e a consciência da responsabilidade social nas pessoas. A FAT parabeniza a Profª Hilda Vargas pelo desenvolvimento desses projetos, aos professores, parabéns especial aos estudantes do curso de Direito da FAT que se envolvem e se dedicam a esses projetos de inclusão social. Que exemplos como esse, possa invadir cada vez mais as faculdades públicas e particulares do Brasil.
 

Compartilhe