FAT assina convênio com Hospital Dom Pedro de Alcântara

Outran Borges, Provedor do HDPA e <br>Antônio Walter, Diretor Geral da FAT

A FAT assinou no último dia 11 convênio de parceira com o Hospital Dom Pedro de Alcântara, instituição mantida pela Santa Casa de Misericórdia de Feira de Santana, buscando implantar projeto piloto de Hospital Escola. Nas instalações do Hospital os alunos de enfermagem da FAT, o mais novo curso da instituição, terão a oportunidade de vivenciar práticas profissionais a partir de Estágios Curriculares e Extra-Curriculares. Estiveram presentes na assinatura, o Diretor Geral da FAT, Prof. Antônio Walter Moraes Lima, e o Provedor do HDPA, Sr. Outran Sampaio Borges. 

Segundo o coordenador do Curso de Enfermagem da FAT, Kleyton Góes Passos, “os alunos irão executar atividades em todas as clínicas do HDPA: clínica médica, maternidade, pediatria, centro-cirúrgico, pronto-socorro, e áreas administrativas de forma a desenvolver um trabalho de enfermagem em sua totalidade”. Ainda segundo o coordenador, a meta da Faculdade é formar enfermeiros generalistas, uma vez que o HDPA vem com uma inovação no mercado com a implantação de diversos serviços que anteriormente só se encontravam de forma centralizada e específica como o serviço de cardiologia e Oncologia. Além disso, visará observar o paciente como um todo, respeitando acima de tudo a Lei 7.498 do Código de Ética de Enfermagem.

O estudante de enfermagem atuará na prevenção da doença e na doença, mas nunca se desvinculando do processo educacional intra-hospitalar, sendo que a FAT é a única instituição da Macro Região Centro-Leste a firmar uma parceria desse porte. Na Bahia o convênio FAT-HDPA é o único em regime de exclusividade entre uma instituição de ensino superior privado e um hospital de regime filantrópico, tendo registros anteriores apenas de contratos mistos, que envolvem parcerias de um hospital com duas ou mais instituições de ensino. 

Além disso, o HDPA oferece serviços inéditos em Feira de Santana como Hemodinâmica Cardiovascular (Cateterismo) e Cirurgia Cardíaca, disponível a população num prazo de 30 dias. Dessa forma, os alunos da FAT estarão crescendo com os serviços gerais prestados pelo Hospital, mas também com serviços de nível mais específico. No que diz respeito a outros tipos de serviços que disponibiliza a população, o HDPA oferece atendimento em nível de Emergência, Consultas (especialidades), Complementação Diagnóstica (exames), Cirurgias Eletivas, dentre outros serviços. Em nível de Emergência, por exemplo, oferece, além do serviço cardiológico, atendimento em pronto-socorro, clínica médica e ginecologia/obstetrícia. Em nível de Consultas, oferece atendimento em 22 especialidades como angiologia, mastologia, neurologia, cirurgia cardíaca, geral, vascular, dentre muitas outras.

“Para o Hospital Dom Pedro, que agora está com uma visão nova, os parceiros são grandes agregadores. Além da FAT, temos o Instituto de Cardiologia da Bahia; o ION, CEON e IHEF, que se juntaram numa unificação dos serviços de Oncologia, e agora a FAT agregando imenso valor”, salienta Sandra Peggy, Diretora Administrativa do HDPA. A diretora salienta ainda que o convênio ajudará na assistência em nível de Recursos Humanos, pois não haveria possibilidade para o hospital realizar novas contratações, o que auxiliará na redução de espera e qualidade de atendimento dos pacientes.

Segundo dados fornecidos pela Direção do Hospital, a cidade de Feira de Santana atende as demandas em saúde de cerca de dois milhões de pessoas da própria cidade, advindos de outros municípios de sua macro-região e, inclusive, de municípios de outras regiões. Isso mostra o quanto uma parceria como essa pode auxiliar na maior prestação de serviços à comunidade feirense. A Direção informou ainda que, no ano de 2007, o HDPA atendeu 233.996 pessoas, incluindo todos os tipos de serviços de saúde oferecidos na instituição, sendo que deste número de atendimentos, 76.647 foram realizados no atendimento de Emergência.

O Provedor do HDPA, Outran Sampaio Borges, vê o convênio como uma etapa de evolução do Hospital. "Desde que assumi a Provedoria que tinha a idéia de sermos um Hospital Escola, mas para manter isso é preciso um aporte de verbas que com a parceria da FAT ampliam-se às possibilidades", afirma o Provedor. Ainda segundo ele, para o HDPA ser considerado um Hospital Escola é necessário uma autorização do MEC, mas a assinatura do convênio é o primeiro passo para tornar isso uma realidade.

O HDPA já recebia informalmente alunos de Medicina de outras instituições de ensino superior, inclusive de Salvador, sendo uma extensão das atividades de estágios. Contudo, uma parceria dessa natureza vem a profissionalizar a importância do HDPA enquanto formador de novos profissionais, capacitando-os e desenvolvendo-os em todas as suas potencialidades. Segundo Sandra Peggy, "o HDPA tem que andar, sair da mesmice. A questão da educação continuada nunca foi muito marcante em Feira de Santana e estamos possibilitando um avanço nesse sentido".

Enfermagem na FAT

Além do Convênio agora firmado entre a FAT e o HDPA, outro aspecto em que o mais novo Curso da FAT se diferencia positivamente é a qualidade dos seus laboratórios e de seu corpo docente. Muito antes de iniciar a oferta das vagas, a instituição já havia adquirido toda a aparelhagem necessária para oferecer ao aluno o que há de mais moderno no ensino das técnicas de enfermagem, se nivelando nesse aspecto aos cursos conceituados do país.

A FAT já tem construído quatro laboratórios devidamente equipados: Anatomia, Bioquímica, Multifuncional de Microscopia e Experimentos Extra-Classe. O Laboratório de Anatomia oferece aos alunos acesso a modelos anatômicos artificiais como esqueletos, modelos musculares, etc, instrumentos decisivos no auxílio do ensino-aprendizagem. Já no Laboratório de Bioquímica há equipamentos como espectrofotômetro (que faz leitura de líquidos), estufas bacteriológica, dentre outros. 

A primeira turma a ingressar no curso, que iniciou aulas no último dia 11, já está tendo a possibilidade de trabalhar no Laboratório Multifuncional de Microscopia, onde estão disponíveis 21 microscópios biológicos, 400 lâminas, câmera (para filmagem de lâminas), e todos os outros instrumentos necessários para o desenvolvimento de suas pesquisas. No Laboratório de Experimentos Extra-classe é oferecido ao aluno espaço para desenvolver pesquisas fora da carga horária das disciplinas oferecidas na grade, desenvolvendo assim a possibilidade de formação de grupos de pesquisa.

No que diz respeito ao corpo docente, o curso de enfermagem da FAT conta com uma equipe de ponta, altamente gabaritada e formada em sua maioria por Mestre e Doutores. Além da formação acadêmica, os docentes do curso de enfermagem da FAT também agregam valor à instituição em razão da suas largas experiências, levando para sala de aula os valores agregados pelas suas atividades profissionais.

QUADRO DOCENTE – ENFERMAGEM (FAT)

DOCENTE

FORMAÇÃO ACADÊMICA

Maria Lúcia Silva Servo

Doutora em Enfermagem (USP), Mestre em Enfermagem (UFBA) , Graduada em Enfermagem Obstétrica (UEFS). Professora; tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Enfermagem: Administração, atuando principalmente nos seguintes temas: supervisão, estresse, enfermagem, representações sociais e enfermeira.

Deisy Vital dos Santos

Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (UEFS), com linha de Pesquisa em Bioética; Especialista em Saúde Publica e em Educação Profissional na Área de Saúde: Enfermagem; Graduada em Enfermagem pela Universidade Estadual da Paraíba. É Enfermeira do Centro de Saúde Mãe Chica (Secretaria Municipal de Saúde de Lapão); Professora; tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Saúde Pública.

Josivaldo Pires de Oliveira

Doutorando em estudos Étnicos e Africanos (UFBA), Mestre em História Social (UFBA). Publicou 4 artigos em periódicos especializados e 13 trabalhos em anais de eventos; possui 1 livro publicado; participou do desenvolvimento de 10 produtos tecnológicos, dentre muitos outras honras acadêmicas

Silvio de Moura Bernardes

Mestrando em Saúde Pública pela Universidade de Loma Linda (Califórnia - USA); graduado em Medicina Veterinária pela Universidade Federal Rural de Pernambuco; Especialista em Biologia pela FESP - Fundação de Ensino Superior de Pernambuco. Professor; tem experiência na área de Morfologia, com ênfase em Histologia; presta consultoria na elaboração de projetos para implantação de cursos superiores na área de saúde; é instrutor de cursos livres na área de terapias manuais.

Valterney de Oliveira Morais

Mestre em Enfermagem (UFBA); Especialista em Saúde Pública (UEFS); graduado em Enfermagem e Obstetrícia (UEFS). Professor de outras instituições e atualmente é Contratado da Secretaria Municipal de Saúde - Programa Municipal DST/HIV/AIDS; tem experiência na área de Saúde Coletiva.

Charline de Almeida Macedo Portugal

Especialista em Saúde Coletiva com Área de Concentração em Gestão de Sistemas (UFBA); Especialista em Auditoria de Enfermagem pela Universidade Castelo Branco; graduada em Enfermagem (UEFS). Professora e enfermeira concursada da Prefeitura Municipal de Feira de Santana, tendo experiência na área de Enfermagem com ênfase em Enfermagem de Saúde Pública. 

Menilde Araujo Silva Winck

Pós-graduada em Fisiologia do Exercício no Envelhecimento pela Faculdade de Medicina (USP-FMUSP); Pós-graduanda em Acupuntura pela Academia Brasileira de Ciências Orientais – ABACO; graduada em Fisioterapia pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Professora com experiência na área de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, com ênfase em Fisioterapia e Terapia Ocupacional, atuando principalmente nos seguintes temas: idosos, fisioterapia, envelhecimento, Reumatologia.

Márcio Costa de Souza

Mestrado em Saúde Coletiva (UEFS); graduada em Fisioterapia pela Fundação Bahiana para Desenvolvimento das Ciências. Professor com experiência na área de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, com ênfase em Fisioterapia e Terapia Ocupacional, atuando principalmente nos seguintes temas: fisioterapia, saúde coletiva, prevenção em saúde e saúde na comunidade.

Ana Claudia Borja Paim

Mestrado em Ciências Biológicas - Botânica (UEFS); graduada em Licenciatura Em Ciências Biológicas (UEFS). Professora; tem experiência na área de docência das disciplinas Histologia e Embriologia, Imunologia e Saúde Ambiental e Ecologia, Botânica com ênfase em Ecofisiologia Vegetal (atuando principalmente nos seguintes temas: plantas medicinais, fitoterapia, fisiologia vegetal, plantas medicinais, qualidade sanitária na comercialização de plantas medicinais).

Urbanir Santana Rodrigues

Mestre em Enfermagem (UEFS); graduado em Enfermagem (UEFS); professora; tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Enfermagem na Saúde do Adulto.

Kleyton Goes Passos

(Coordenador do Curso)

Mestrando em Educação (FIB); Especialista em Saúde Coletiva; Especialista em UTI, graduado em Enfermagem (FAESA – ES); ex-secretário de Saúde, atualmente docente do ensino superior e enfermeiro da Unidade coronariana do Instituto de cardiologia do Nordeste da Bahia.

Compartilhe