Professora do curso de Serviço Social conclui Doutorado

 A professora Patrícia Freitas, do curso de Serviço Social da Faculdade Anísio Teixeira, defendeu sua tese de Doutorado na última quinta-feira (28), cuja pesquisa teve como título: Trabalho e Maternidade - Há conflito para a profissional de saúde? Realidade de profissionais de saúde de hospitais públicos da Bahia.

O Doutorado foi realizado na Universidade Católica do Salvador (UCSAL) no Programa de Pós-Graduação em Família na Sociedade Contemporânea, sob a orientação da Professora Dr.ª Isabel Maria Sampaio Oliveira Lima.
 
Nesta pesquisa, indagou-se como as profissionais de saúde de emergências hospitalares públicas vivenciam a dinâmica de conciliação entre o trabalho e a maternidade. “Foram encontradas, entre as mulheres entrevistadas, a dupla e a tripla jornada, elementos que apontam para uma desigual divisão sexual do trabalho. Este desequilíbrio que afeta mulheres se expressa em muito cansaço, desafios, dificuldades e o reconhecimento desconfortante de exploração, seja pelas organizações empregadoras, seja nas relações conjugais vividas”, explicou a professora Patrícia.
 
Segundo a professora Dra. Patrícia Freitas, é importante ampliar a discussão de maternidade, paternidade, arranjos familiares e os papéis de todos os membros da família que coabitem mesmo teto. “Me sinto muito realizada e muito feliz porque meu doutorado com a pesquisa desenvolvida, além de reconhecer a lacuna do conhecimento sobre as mulheres que trabalham em saúde, hospitais/emergências, das precárias condições desse trabalho eminentemente feminino, e das dificuldades e conflitos para conciliá-lo com a maternidade, poderá contribuir nas discussões da injusta divisão sexual do trabalho fora e dentro do lar e do necessário protagonismo das mulheres, em geral, como das trabalhadoras de saúde para a transformação dessa realidade”, comemorou.
 

Compartilhe