Resultados do Enade podem ser conferidos na internet

Os resultados do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) aplicado em 2006 foram divulgados nesta quinta-feira, 31, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep/MEC). O desempenho médio geral dos participantes foi de 45,4 na prova de formação geral, igual para todas as áreas, e de 36,4 na do conteúdo específico a cada uma das 15 áreas do conhecimento avaliadas. Nos dois casos, os concluintes obtiveram resultados melhores do que os ingressantes. O exame foi aplicado em 12 de novembro do ano passado, em 2.081 locais de 871 municípios, em todos os estados e no Distrito Federal. Participaram 386.524 estudantes — 211.837 ingressantes e 174.687 concluintes — pertencentes a 5.701 cursos de 1,6 mil instituições de educação superior nas áreas de administração, arquivologia, biblioteconomia, biomedicina, ciências contábeis, ciências econômicas, comunicação social, design, direito, formação de professores (normal superior), música, psicologia, secretariado executivo, teatro e turismo. A maior média na prova de formação geral foi a dos estudantes de arquivologia (50,7); a menor, de administração (42,1). No conteúdo específico, os alunos de psicologia obtiveram os melhores resultados (46,3). Os mais baixos foram registrados nos cursos de ciências contábeis (25,7). Estudantes de 45 cursos tiveram desempenho que os enquadra no nível mais alto (5), tanto no conceito Enade, que considera o desempenho de ingressantes e concluintes, quanto no Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD), que determina quanto de conhecimento os cursos agregam para os alunos. Desse total de cursos, oito (17,7%) estão em São Paulo, estado com o maior percentual. Em seguida, vem o Paraná, com sete. A instituição com o maior número (três) de cursos cujo desempenho dos respectivos estudantes se enquadra no conceito Enade 5 e no IDD conceito 5 é a Universidade Federal do Ceará. A área do conhecimento com o maior número (15) de cursos com esse perfil é a de administração, que também concentra o maior número (64) de cursos cujos estudantes têm desempenho muito bom (5 e 5, 5 e 4 e 4 e 5). Entretanto, o maior percentual de cursos com esse perfil é observado em teatro: 20,59%. Administração tem 4,34%. Teatro é a área na qual também foi registrado o maior percentual de cursos com conceitos Enade 4 e 5, somados (65,5%). Biomedicina (48,8%) teve o maior percentual de cursos com conceitos 1 e 2. O estado com o maior percentual de cursos com conceitos 4 e 5 é o Rio Grande do Norte (37,8%). Alagoas tem o maior percentual de cursos com conceitos 1 e 2 (80%). Em relação ao IDD, a área do conhecimento na qual se registrou o maior percentual de cursos notas 4 e 5, somadas, foi a de formação de professores (normal superior), com 50%. O maior percentual (47,4) de cursos com IDD 1 e 2 ficou com secretariado executivo. O estado com o maior percentual de cursos com IDD 4 e 5 foi o Rio Grande do Sul (53,4%). O Pará (51%) concentra o maior percentual de cursos com IDD 1 e 2. Consulta — A consulta aos resultados do exame de 2006 já está disponível na página eletrônica do Enade. Além do resumo técnico, do relatório-síntese de cada uma das 15 áreas, do desempenho dos estudantes e de todos os cursos avaliados, estão também acessíveis, por meio de senhas, os boletins individuais dos alunos; o relatório-síntese das instituições de ensino, para os reitores, e o relatório do curso de graduação, para os coordenadores de cursos. (Assessoria de Imprensa do Inep)

Compartilhe