Alunos de Serviço Social e Jornalismo conhecem comunidade quilombola em Cachoeira – BA

Sair da sala de aula e ir para a realidade que é estudada nos livros. Foi essa a experiência que os alunos dos cursos de Serviço Social e Jornalismo vivenciaram no último dia 16/04, ao visitarem a comunidade quilombola Kaonge - Rota da Liberdade, em Iguape/Cachoeira - Bahia. Durante o caminho os alunos receberam uma verdadeira aula de história sobre o período da escravidão aqui na Bahia e puderam passar por lugares que carregam esses resquícios. Acompanhados das professoras Débora Bitencourt, Rejanne Ramos e Alice Macedo, chegaram na comunidade, onde entraram em contato com o dia a dia do lugar, as atividades tradicionais como a produção artesanal do dendê e da farinha de mandioca.
 
Na oportunidade, os alunos acompanharam uma palestra ministrada pela líder da comunidade e pofessora Juvani Nery Viana, que contou um pouco da sua história e como valorizam a tradição e a cultura que possuem. “A maior lição que aprendi foi desenvolver, dentro de minha mente, aquilo que tinha vontade de fazer. Se eu tive vontade de ser  professora, consegui ser uma professora. Se tive vontade de ajudar o povo,  hoje estou aqui ajudando meu povo A gente agrega todas as pessoas que trabalham, que fazem o azeite, a farinha, são todos”. E afirma que este trabalho em equipe é sua maior alegria.
 
Os alunos ainda tiveram oportunidade de conhecer a igreja e as ruínas do Convento de Santo Antônio, na Vila de São Francisco do Paraguaçu, também em Cachoeira, e voltaram encantados com o que conheceram. “A comunidade é linda! Apesar de todo o contexto histórico do Brasil, é um povo alegre, receptivo. Eles tem as crenças deles, as verdades deles e vivem isso de uma maneira tão intensa, que transmitem para nós a alegria que sentem”, afirma a estudante de Jornalismo Rute Damascena.
 
 
 

 

Compartilhe